Parceria inédita com produtora pernambucana promove acessibilidade comunicacional

Justino Passos no estúdio de Edição de Som_Foto Rodrigo LoboA Produtora pernambucana Phono Produções é pioneira em projeto de acessibilidade comunicacional para o cinema em Pernambuco, em parceria inédita com a VouVer Acessibilidade. A empresa foi responsável pelas gravações, mixagens e edições das audiodescrições para os filmes integrantes da Mostra Cine às Escuras, que acontece​u no último mês no Recife

Produtora pernambucana especializada em áudio, que atua no mercado publicitário e audiovisual desde 2010, a Phono Produções e Conteúdo busca sempre agregar ​ao portfólio trabalhos direcionados para as novas mídias e tecnologias. Ampliando ​o mercado de atuação de forma diversificada e instigante, em uma inédita parceria com a VouVer Acessibilidade, a Phono Produções foi responsável por todo o processo de gravação, edição e mixagem das trilhas de audiodescrição para os filmes do “Cine Às Escuras – Mostra Erótica de Cinema Acessível”, que acontece​u​ de 17 a 22 de março, no Cinema do Museu, abrindo espaço para mais uma etapa na cadeia produtiva do cinema pernambucano.

Segundo o diretor da Phono, Justino Passos, este é um projeto pioneiro no Estado em relação à audiodescrição mixada diretamente com o filme. “A Phono Produções investe em inovação e tecnologia com o intuito de movimentar a cadeia produtiva do cinema em Pernambuco. E a acessibilidade comunicacional, através da audiodescrição, é uma demanda cada vez mais crescente na produção audiovisual brasileira”, pontua Justino. Ao todo, foram dez filmes, entre curtas e médias-metragens que receberam a faixa de audiodescrição para o festival.

Atualmente, a grande maioria dos eventos opta por realizar a audiodescrição ao vivo, simultaneamente à exibição do filme. Porém, segundo Justino, estão não é a opção ideal, por se tratar de um formato de exibição que exige a presença de um audiodescritor no local e deixa a sua execução vulnerável à possíveis interferências externas durante a sessão. “Além de questões humanas como a disposição do profissional e a possibilidade de problemas técnicos com a transmissão do áudio, a grande diferença em relação à audiodescrição ao vivo é que, no estúdio, o trabalho é feito por uma equipe de atores e audiodescritores com direção. A equipe acaba imergindo mais no universo daquela obra e ficando mais à vontade durante o processo”, explica Justino.

Desde 2014, a Ancine – Agência Nacional do Cinema regulamenta (através da Instrução Normativa nº 116, de 18/12/14) que todos os projetos os de produção audiovisual financiados com recursos públicos federais geridos pela Ancine deverão contemplar nos seus orçamentos serviços de legendagem descritiva, audiodescrição e libras. Justino Passos lembra, porém, que, na prática, o cinema nacional ainda dá seus primeiros passos em direção à acessibilidade comunicacional. “Apesar dessa normatização, ainda são poucas as obras e circuitos exibidores que realmente disponibilizam os recursos. Além disso, essa norma regulamenta apenas os projetos financiados pela Ancine, deixando uma lacuna em relação às demais produções”, pontua.

Além das atividades de audiodescrição, a Phono Produções desenvolve projetos de jingles, trilhas, spots, foley, sound design e mixagem em 2.0 e 5.1. Entre os projetos com assinatura da Phono Produções estão o desenho de som, foley, mixagem 2.0 e 5.1 do curta “Mundo Bita”; desenho de som e mixagem do filme “Corbiniano”, de Cezar Maia; a oficina sobre técnicas de efeitos sonoros para o cinema “A Arte do Foley”; além de trilhas e áudios para diversas produções publicitárias.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s