ANJ elege novo presidente

anj1

Vice-presidente Editorial do Grupo RBS, Marcelo Rech, é eleito presidente da ANJ assumindo a gestão executiva a partir de processo eleitoral realizado nesta quinta (18) durante assembleia geral da Associação Nacional de Jornais com associados. A reunião do Conselho de Administração foi realizada em Brasília, que mais uma vez faz esforços em prol do empresariado do setor,  nesta que é uma das maiores entidades representativas de comunicação do país.

Marcelo Rech é o quarto executivo do Grupo RBS a estar à frente de uma das mais relevantes entidades representativas de comunicação no Brasil. Anteriormente, ocuparam esta posição na associação o fundador da RBS, Maurício Sirotsky Sobrinho, de 1984 a 1986, o presidente emérito Jayme Sirotsky, em duas ocasiões – em 1988, quando assumiu interinamente após a renúncia de José Antonio do Nascimento Brito, afastado do Jornal do Brasil, e de 1992 a 1996 –, e Nelson Sirotsky, de 2004 a 2008.

A escolha do meu nome, que é uma honra, reforça a tradição, o vínculo e o compromisso da RBS com a entidade. Meus antecessores, Maurício, Jayme e Nelson, são fontes de inspiração e ajudaram a forjar a entidade como ela é hoje, uma das principais do mundo, que atua sob um primeiríssimo mandamento: a defesa da liberdade de expressão. No mundo atual, não há escassez de informação. O que há é carência de informação confiável, lastreada em valores éticos, na independência, em técnicas profissionais e na cultura de perseguir a todo o custo a verdade e a pluralidade. E os jornais são grandes fornecedores desse bem escasso – destaca Marcelo Rech.

Rech sucede o diretor-geral da Rede Gazeta, de Vitória (ES), Carlos Fernando Lindenberg Neto, o Café, que presidiu a ANJ por dois mandatos, desde 2012. Além do presidente Marcelo Rech (Zero Hora (RS), a nova diretoria é composta pelo vice-presidente secretário, Álvaro Augusto Teixeira da Costa (Correio Braziliense (DF)), o vice-presidente financeiro, Jaime Câmara Júnior (O Popular (GO)), e dos vice-presidentes: Ana Amélia Cunha Pereira Filizola (Gazeta do Povo (PR)), Carlos Fernando Monteiro Lindenberg Neto (A Gazeta (ES)), Francisco Mesquita Neto (O Estado de S.Paulo (SP)), João Roberto Marinho (O Globo (RJ)), Luciana de Alcântara Dummar (O Povo (CE)), Maria Judith de Brito (Folha de S.Paulo (SP)), Mário Alberto de Paula Gusmão (Jornal NH (RS)), Sylvino de Godoy Neto (Correio Popular (SP)), e Walter de Mattos Junior (Diário Lance! (RJ)). A solenidade de posse para o biênio 2016-2018 ocorrerá em setembro.

Antes de presidir a ANJ, o vice-presidente editorial do Grupo RBS se mantem com uma longa trajetória na organização na qual começou a atuar em 1988. Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Rech é presidente do Fórum Mundial de Editores (WEF), ligado à Associação Mundial de Jornais (WAN-Ifra). Cursou o Programa de Desenvolvimento de Executivos da Fundação Dom Cabral e tem cursos de especialização no Media Management Center, vinculado à Kellog, e de estratégia de mídia na Harvard Business School, ambas nos Estados Unidos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s