ABMP lança campanha em evento na qual mostra nova marca para o setor

abmpMercado publicitário baiano ganha campanha da ABMP para valorização do profissional em evento de lançamento realizado nesta terça-feira (dia 25), que contou com divulgação de pesquisa sobre o mercado de comunicação na Bahia. A Associação Baiana do Mercado Publicitário, entidade que reúne 51 empresas associadas, está prestes a mostrar sua nova marca, fruto do plano de comunicação da diretoria atual, que assumiu, recentemente, a gestão 2015-2017.

A novidade veio acompanhada pela campanha lançada oficialmente em café da manhã na Casa do Comércio, em Salvador. No evento, estavam presentes, entre os convidados, profissionais do segmento, empresários, imprensa e representantes das instituições parceiras. A marca traz um novo posicionamento de acordo com o momento em que a associação está, como explica Paloma Leão, publicitária na Morya. “A nova identidade da ABMP acompanha o mercado, sendo leve, moderna, de fácil leitura e aplicação, utilizando ainda tendências nas cores e design”, pontua.

A campanha, intitulada “Com a comunicação também é assim. Melhor procurar um profissional”, busca promover a valorização do profissional de comunicação da Bahia e será exibida em TVs, rádios, jornais, sites, outdoors, busdoors, entre outros espaços de destaque, a partir desta sexta (dia 28). “A Bahia tem tradição e reconhecimento internacional pelo talento e profissionalismo do trade de comunicação do Estado. Toda esta diversidade deve ser bem aproveitada e o retorno do investimento feito conquistado com segurança. A Bahia é próspera em oportunidades. Aqui os anunciantes encontram boas perspectivas e excelentes profissionais” ressalta João Gomes, presidente da ABMP.

Força do Mercado – Para ampliar a compreensão sobre a atividade de comunicação local, a ABMP consolidou um Estudo inédito no Estado feito pela ABC+ Comunicação e Estratégia, do publicitário Nelson Cadena. Foram entrevistadas 243 empresas em Salvador e interior do estado, contemplando, além das agências de publicidade, os veículos da imprensa e fornecedores como gráficas, comunicação visual, produtoras de áudio, vídeos e eventos, agências digitais e assessorias de comunicação corporativa.
Segundo Cadena, a novidade está no aprofundamento da pesquisa que levou seis meses para conclusão. “Conseguimos catalogar 1.289 empresas do setor de comunicação. Das entrevistadas, conseguimos extrair não só média de faturamento, mas o perfil em detalhe. As agências mais novas, por exemplo, empregam mais mulheres que homens enquanto as mais antigas mostram uma tendência oposta”, explica.

Os pesquisadores cruzaram esta e outras informações com dados oficiais de instituições como IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística e SEI – Superintendência de Estudos Sociais e Econômicos do Estado da Bahia. O trabalho rendeu um book de 128 páginas, que será disponibilizado na íntegra aos associados da ABMP no novo site www.abmp.com.br.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s