Seleção Pronews

lego simpsons

Toda semana vamos colocar aqui no Facebook alguns trabalhos que achamos que merecem destaque, seja de onde for ou quando foram feitos. Iniciamos essa jornada com este job produzido pela agência alemã Jung von Matt para a marca Lego, em 2012. A campanha “Imagine” traz uma série de cartazes com referências de desenhos conhecidos popularmente.

A peça publicitária é composta por uma imagem formada por blocos de Lego, a palavra “imagine” no canto superior direito e a logomarca da empresa no canto superior esquerdo. Por tratar-se de uma marca mundialmente conhecida e líder no mercado de quebra-cabeças 3D, há presença de “ethos” na publicidade (de acordo com a Teoria Aristotélica, o orador é simbolizado pelo ethos quando a sua credibilidade assenta na sua honorabilidade, na sua virtude, em suma, no seu caráter e na confiança que nele se deposita), porém, a característica mais marcante se dá através do “logos” do trabalho (tipo de argumentação centrado na tese e nos argumentos, devendo apresentar-se bem estruturado do ponto de vista lógico-argumentativo), construído de forma inteligente através do diálogo entre as peças de Lego e o seriado em animação americano “Os Simpsons”.

A publicidade expõe uma construção de Legos, que aparenta ser formada apenas por blocos de cores dispostos em ordem aleatória, mas que, na verdade, representa os personagens principais do desenho. Ao escrever “imagine” os publicitários evidenciam a ideia de que é a imaginação do observador que transforma a imagem em significado (e é a imaginação do consumidor da marca que transforma símbolos em construções de Lego).

Quanto a mecanismos de persuasão, a publicidade utiliza a estratégia da identificação, aproximando o texto da realidade do observador, uma vez que o desenho Os Simpsons é um elemento familiar para o público; as impressões subjetivas, afinal, a imagem é formada por peças comuns de Lego e é o leitor quem a interpreta como os personagens do desenho; a ideia de conteúdos implícitos, pois conta com o repertório cultural do leitor e não retrata abertamente o seriado americano, apenas deixa subentendido; e a intertextualidade, que já foi discutida acima, devido ao diálogo da peça com a aparência estética do desenho.

Com relação à composição, observamos que a publicidade contém apenas uma palavra (com exceção da palavra “Lego” na logomarca), “imagine”, sintetizando a ideia de que a imaginação do leitor permite tanto a compreensão da mensagem quanto a utilização do produto.

Outras características da peça publicitária que podem ser observadas são o estímulo ao sentido da visão, uma vez que a imagem atrai e prende a atenção do observador, e o envolvimento que ela proporciona ao leitor, visto que a interpretação pessoal constitui a parte mais importante da mensagem.

Sendo assim, a propaganda disseminada pela companhia Lego procura vender seu produto e divulgar sua marca através de uma brincadeira com a cultura popular, apelando para o humor, e da possibilidade que oferece ao leitor de se identificar com a peça e com a empresa.

Texto – Julia Caneschi

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s